Governo Doria anuncia fim do maior laboratório público de combate ao câncer

Facebooktwitter

Fosp é responsável por exames para detectar câncer, atendimento de pacientes, pesquisa em cancerologia e, na reabilitação, confecção de próteses com as características de cada paciente.

Foto: Reprodução

31/08/2019

 

 

Fosp dá assistência a hospitais da rede oncológica paulista, mais de 300 unidades de saúde do estado e de outras regiões do Brasil.

 

 

Por Renato Scardoelli e Rosário Mendez*

O laboratório da Fundação Oncocentro de São Paulo (Fosp), órgão responsável por exames para detectar câncer, atendimento de pacientes e pesquisa em cancerologia, que atua no atendimento e assistência pública há 45 anos, está ameaçado de extinção pelo governador João Doria (PSDB).

O laboratório público da Fosp, que atende a 342 unidades de saúde espalhadas pelo estado de São Paulo, realiza cerca de 250 mil exames de papanicolau e 13,7 mil biópsias de colo, mama e pele por ano, sem contar mais de 3 mil exames de imuno-histoquímica por mês, cerca de mil exames destes para o diagnóstico específico de câncer de mama.

Para a dentista Andréa Alves de Sousa a falta de visibilidade social do trabalho do Oncocentro, coloca a entidade em situação de fragilidade. Embora reconhecido no exterior, internamente não há apoio, segundo ela.

“A ala de reabilitação odontológica faz 5 mil atendimentos e entrega de 600 próteses ao ano, números semelhantes a de instituições que possuem o dobro da nossa equipe e recursos privados abundantes”, cita a dentista.

Sousa disse ainda que a Fosp fabrica próteses personalizadas para vítimas de câncer, que tiveram partes da cabeça e pescoço amputados, além de oferecer a assistência a pacientes de outros estados do Brasil.

Em audiência pública, organizada recentemente na Assembleia Legislativa de São Paulo pela deputada Beth Sahão (PT-SP), o psicólogo Paulo Iakowski Cirillo afirmou que a notícia do encerramento das atividades foi recebida com tristeza e apreensão pelos profissionais da entidade.

“Durante 45 anos fomos a esperança dos pacientes que chegam ao Oncocentro e agora tudo aquilo está em risco”, lamentou.

Maior laboratório público do país

O diretor adjunto de laboratório, Alexandre Muxfeldt Ab´Saber, rebateu estudo técnico da Secretaria Estadual de Saúde que afirma que a Fosp está “defasada e ociosa”.

“Trinta e cinco funcionários são responsáveis por 247 mil exames por ano. Eu também trabalho no Hospital das Clínicas (HC), o maior da América Latina, e lá, com o mesmo número de profissionais, são feitos 20 mil exames”, explica.

Ab´Saber lembra que a Fosp é a única entidade que regulamenta e revisa o trabalho dos demais laboratórios da área. “Ninguém na iniciativa privada vai se interessar em fazer esse tipo de trabalho”, garante.

Dados de todo o estado

Carolina Terra de Moraes, doutora de epidemiologia, destacou o trabalho da entidade na produção de informação e coordenação de registros provenientes de 78 hospitais da rede de oncologia do estado de São Paulo. Esse banco de dados alcançou 1 milhão de tumores cadastrados.

“Com as informações recebidas, conseguimos saber, por exemplo, que mais de 70% de casos de câncer são atendidos em 3 regiões do estado, e as outras 14 atendem apenas 30%”, exemplifica.

Os dados, segundo a especialista, são usados por pesquisadores, profissionais da saúde e gestores para subsidiar estudos clínicos e epidemiológicos sobre o câncer.

​​​​​​​*Renato Scardoelli é jornalista e assessor de imprensa na Alesp

* Rosário Mendez é jornalista e assessora da Liderança do PT na Alesp

 

Edição: Cecília Figueiredo

Facebooktwitter

20 comentários sobre “Governo Doria anuncia fim do maior laboratório público de combate ao câncer

  1. Isso é um crime! Estou indignada!
    Tanta coisa pra arrumar, melhorar ou criar para o bem da população, vão piorar um trabalho que já está sendo tão bem feito! Isso é inacreditável!

  2. Fico muito triste com esse descaso com esse laboratório que nos e útil com sua assistência e carinho.O governo Doria precisa entender que a saúde e primordial na vida do povo que precisa ser assistido com a maior urgência para que possa ter assistência em tempo para que vida posso ser salva a tempo.😭☠

    1. Grotesco e indecente as atitudes e falas deste político de araque,que muito mal disfarça o desejo de sucatear e acabar com vários setores do funcionalismo público estadual..Estava preocupado também no momento de ironizar a figura de um rival de partido falecido Alberto Goldman ..enviou uma coroa de flores..a família ficou indignada…os caciques do Tucanistao tem certas querelas ..este PSDB ainda tem sonhos de uma hegemonia eterna..veremos nos próximos pleitos.

  3. Isso não pode acontecer funcionários tem que ir para ruas e colocar na mídia

  4. Esses caras não tem coração. Não se preocupam com as pessoas carentes do nosso país. Justamente as pessoas que por i ingenuidade e ignorância política votaram neles. Lamentável!!!!😥😥😥😥😥

    1. Bom dia, Joshua!

      De acordo com informações constantes na matéria, um estudo técnico da Secretaria Estadual de Saúde afirma que a Fosp está “defasada e ociosa”.

      Att,
      Redação
      Saúde Popular

  5. Só podia ser ideia de um governo desorientado, sem noção… ao invés decrevitalizar e dar um gás ao local, para q se possa dar uma assistencia ainda melhor pra população, esse governinho de nada, só pensa em ferrar com a vida das pessoas… A política e o jogo de interesse sempre fala mais alto nesse país… por Deus, gente, cria vergonha na cara, pára de prejudicar quem precisa… essa politica nacional dá nojo!!!

  6. É o preço que se paga por votar nos canalhas que defendem só o deus mercado e os apaniguados.
    Privatiza-se o lucro e socializa-se a miséria.

  7. 1 11 Cada povo tem o governo que merece. Votaram no PSDB, agora povo, engole mais essa.

  8. Do q estão reclamando…. todos sabem o q acontece qdo elegem políticos de direita neoliberais…. Brasileiro precisa ser estudado,, não tem dinheiro, pra saúde, educação, segurança, nada e elege políticos que dão tudo para iniciativa privada.

  9. Esse Dória e Bolsonaro são os seres mais repulsivos do País, e ainda esse minúsculo do Doria quer ser presidente!!! Só se for do inferno!!

  10. O FOSP foi muito importante para minha família durante o tratamento. Esse serviço é fundamental para os pacientes.

  11. Atenção Srs e Sras. componentes da ALESP ( assembléia Legislativa de São Paulo) .
    Eis uma nobre causa pela qual se empenhar,ou seja, o não fechamento do FOSP.
    Causa mais do que justa, e pela qual realmente serão lembrados ,mas que não haja interesses que não o bem estar e a saúde da população.
    Manifestem-se
    Trabalhem pela causa
    E se necessário for venham a publico e demonstrem a verdade.

  12. Precisa haver muita pressão popular e denúncia para tentar reverter o quadro.
    É criminoso exterminar o serviço tanto do ponto de vista dos atendimentos, quanto do banxo para pesquisa.

  13. É uma vergonha o governo de João Doria , fechar um laboratório público de tamanha importância para São Paulo , que vem dando suporte teórico prático e realizando milhares de exames oncológicos de centena de municípios . Milhares de mulheres receberam seus diagnósticos precocemente e puderam se salvar por causa deste laboratório . Para os governantes e só mais órgão pública que se fecha para economizar dinheiro . Para nos mulheres é perder a chance de viver por falta de um laboratório que se importa realmente com a saúde da mulher .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São bem-vindas declarações que se proponham ao diálogo, defendam posições, que exponham ideias, dúvidas, sugestões e críticas. Não serão aceitos comentários sexistas, xenófobas, racistas, homofóbicas ou que contrariem princípios dos direitos humanos. A moderação também irá filtrar a comentários que incorram em crimes de ódio, incitação à violência e calúnia. Textos com propaganda comercial serão excluídos.