Kefir: as bactérias do bem

Facebooktwitter

Os grãos de Kefir de leite, bebida probiótica que regula a flora intestinal.

Foto: Wikimedia Commons

10/04/2019

 

 

 

Probiótico regula a flora intestinal e ajuda na absorção de nutrientes.

 

Por Norma Odara, para Rádio Brasil de Fato

O famoso Kefir é um probiótico, ou seja, um agrupamento natural e granulado de micro-organismos vivos – bactérias e leveduras – cuja ingestão traz benefícios à saúde, se administrado da maneira correta.

O probiótico é tradicionalmente ingerido como bebida fermentada, que pode consumido com água e açúcar mascavo, o chamado Kefir de água, ou ser fermentado no leite.

A nutricionista Vanessa Ciciliano fala um pouco sobre os benefícios do consumo de ao menos um copo de 200 ml por dia do probiótico. “A bebida fermentada a partir do Kefir pode conter sais minerais como cálcio, ferro, fósforo, vitaminas do tipo A, do complexo B, C e D e uma quantidade interessante de proteínas e aminoácidos essenciais”, diz.

A nutricionista reforça ainda que o alimento pode ser consumido por quem tem intolerância à lactose, porque durante a fermentação do kefir no leite, ele quebra as moléculas desse nutriente. “Toda restauração da microbiota intestinal combatendo inflamações intestinais, do cólon, de todo trato digestório. Pode auxiliar no combate às alergias, melhora a candidíase e quem tem problema com lactose pode consumir normalmente”, explica.

A estudante do 6º semestre de nutrição, Laura Escobar, ficou sabendo do Kefir durante uma feira de nutrição, há 3 anos. Ela recebeu a doação de mudinhas da bactéria de água e de leite, e alerta para alguns cuidados no trato do probiótico, que não é comercializado e precisa de uma atenção especial. “Me enjoou um pouco, minha vida começou a ficar mais corrida para cuidar deles, porque eles são como filhos, eles precisam de cuidados diários. Prestar atenção se já fermentou, nos utensílios que a gente utiliza, não pode utilizar utensílios de metal, tem que ser de vidro ou plástico, até a peneira que você vai utilizar, tem que ser de plástico também”, ensina.

A nutricionista Vanessa ensina como fermentar o Kefir de leite. “Geralmente, você coloca uma colher de sopa de grãos em um pote de vidro, com uma quantidade em média de 500 ml de leite, deixar ele tampado com um paninho e deixar fermentar por 24h. Depois, você coa esse líquido, ele já vai estar na consistência de iogurte e aí pode ser usado para qualquer finalidade”.

O iogurte tem que ficar na geladeira e pode ser consumido em até três dias. O Kefir de água fermenta da mesma forma, basta apenas substituir o leite e acrescentar uma colher de sopa de açúcar mascavo. Depois o pote deve ser tampado com um pano e descansar por 24 horas, em temperatura ambiente.

Os micro-organismos se reproduzem rapidamente e aumentam de tamanho, portanto, muitas pessoas doam os grãos para quem também tem interesse em se alimentar com o probiótico. Nas redes sociais o Kefir tem grupos específicos e fóruns, que ajudam a obter o alimento e as instruções de como cuidá-lo.

Edição: Michele Carvalho

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São bem-vindas declarações que se proponham ao diálogo, defendam posições, que exponham ideias, dúvidas, sugestões e críticas. Não serão aceitos comentários sexistas, xenófobas, racistas, homofóbicas ou que contrariem princípios dos direitos humanos. A moderação também irá filtrar a comentários que incorram em crimes de ódio, incitação à violência e calúnia. Textos com propaganda comercial serão excluídos.