Como cuidar da saúde das gengivas

Facebooktwitter

Foto: Arquivo Daniela Carvalho

07/12/2018

 

Dentista residente em Saúde da Família de Caruaru (PE) orienta como evitar a perda dos dentes e outras doenças bucais

 

Por Daniela F. de Carvalho*

Além de visitas periódicas ao Dentista e alimentação saudável, o uso diário de fio dental, pelo menos uma vez ao dia, e escovação após as refeições, principalmente antes de dormir, evitam a perda precoce dos dentes.

Para garantir a saúde bucal e manter as gengivas saudáveis, além de uma alimentação balanceada por meio do consumo regular de frutas e verduras, limitando a ingestão frequente de bebidas e alimentos açucarados, bem como visitas regulares ao dentista.

É fundamental também uma boa escovação dos dentes após as principais refeições, de duas a três vezes ao dia, principalmente antes de dormir, porque durante o sono a quantidade de saliva diminui, facilitando a ação de bactérias.

Escova e creme adequados

Sobre o tipo mais indicado de escova, orientamos a de cerdas de mesma altura, extra-macias, cabeça pequena e cabo reto. Deve-se evitar o uso de força na escovação para prevenir grandes desgastes nos dentes e danos de retração nas gengivas, além de aumentar a vida útil da escova.

O creme dental deve conter flúor em sua composição, mas ser usado em pequenas quantidades, apenas uma gota; não é necessário o preenchimento de todas as cerdas da escova.

Benefícios do Juá

Uma excelente alternativa ao creme dental convencional, é o Juá, planta do semiárido brasileiro, sua raspa molhada server para limpar escovas e dentes. É também uma substância antisséptica, apresentando efeito mais eficaz na diminuição da placa bacteriana, especialmente sobre o principal agente etiológico da cárie dentária. Pode ser usada tanto para a escovação dos dentes, quanto para a limpeza e higienização das escovas dentais.

Quando escovar

Após as refeições, é bom esperar ao menos 30 minutos para realizar a escovação dos dentes, principalmente após a ingestão de alimentos ácidos, como refrigerantes, vinagres e molhos de saladas, ou que aderem nos dentes como doces, bolachas e biscoitos. A limpeza dos dentes é facilitada se aguardamos a saliva fazer seu papel de digerir os alimentos e remover os restos alimentares da boca.

Pouco adianta escovar os dentes diversas vezes ao dia, de qualquer jeito e de forma rápida. Uma escovação adequada dura em torno de dois a cinco minutos, devendo começar de um lado, e ir escovando paulatinamente, dente-a-dente, evitando que alguma região seja esquecida. Após a escovação dos dentes, é importante a limpeza da língua, que serve como um depósito de sujeiras e bactérias, podendo causar mal hálito e alteração do paladar.

Doenças evitáveis

Todas essas orientações são formas de evitar a gengivite, uma inflamação pela qual a gengiva pode apresentar-se vermelha, inchada e com sangramento ao escovar ou passar o fio dental. A gengivite pode progredir para uma periodontite, uma doença inflamatória crônica que atinge gengiva e osso, e pode avançar de forma silenciosa. Embora não tenha cura, a gengivite pode ser controlada.

A gengivite e periodontite são causadas por vários motivos, o principal deles
é o acúmulo de bactérias nos dentes, chamado de placa bacteriana ou biofilme, que também pode causar a doença cárie. Por vezes, essa placa fica dura, calcificada se transformando no que chamamos de cálculo ou tártaro.

Essa condição, ao longo dos anos, pode deixar os dentes moles e, no futuro, levar à perda precoce dos dentes.

 

* Daniela F. de Carvalho é cirurgiã-dentista, residente pela Universidade de Pernambuco (UPE) em Saúde da Família com ênfase na saúde bucal das populações do campo. 

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São bem-vindas declarações que se proponham ao diálogo, defendam posições, que exponham ideias, dúvidas, sugestões e críticas. Não serão aceitos comentários sexistas, xenófobas, racistas, homofóbicas ou que contrariem princípios dos direitos humanos. A moderação também irá filtrar a comentários que incorram em crimes de ódio, incitação à violência e calúnia. Textos com propaganda comercial serão excluídos.