Camomila: conheça os benefícios desta pequena flor

Facebooktwitter

Chá de camomila é um dos meios mais comuns de consumo da planta
Imagem: Pixabay
27/03/18

Além de calmante, planta traz componentes químicos que ajudam na saúde de diversas formas

Por Luciana Console, do Brasil de Fato

Pequena e delicada flor de pétalas brancas e miolo amarelo, a camomila costuma ser lembrada por conta de seu efeito calmante. Quem nunca fez um chazinho da planta naquela hora de stress?

De acordo com a nutricionista Carla Caratin são os componentes químicos da planta obtidos por infusão, o famoso chá, que trazem diversos benefícios para a saúde. “O chá de camomila é muito conhecido por ajudar na digestão. Sua ação relaxante faz com que facilite a digestão, diminua os gases, diminua os enjoos e ajude também na cura, no tratamento de problemas no estômago”, afirma.

Por conta deste fator digestivo, o chá é indicado para bebês e crianças pequenas, ajudando a diminuir as cólicas, bastante comuns neste período.

Carla orienta que a melhor forma de preparar o chá de camomila é acrescentar as flores na água após desligar o fogo e deixar descansando por alguns minutos. De acordo com ela, este momento é importante para os fitonutrientes poderem ser absorvidos com mais potência pelo líquido.

“A camomila também tem um papel muito importante na saúde das mulheres principalmente pensando na diminuição das cólicas menstruais e isso também está associado à essa ação relaxante que faz com que a contração muscular do útero seja menos intensa”, destaca a nutricionista sobre os benefícios da planta para as mulheres.

Outro benefício do chá de camomila, e talvez o mais conhecido, é a diminuição da ansiedade e do stress. As propriedades fitoterápicas da erva agem relaxando a musculatura do corpo, podendo auxiliar também em casos de insônia.

Além da infusão, Caratin informa que o óleo da flor também faz bem para a saúde.

“O óleo extraído da camomila tem sido muito utilizado no tratamento da dor de cabeça e enxaquecas e uma outra questão bastante importante que vem sendo estudada é a ajuda do consumo da camomila na manutenção da glicemia principalmente em diabéticos tipo 2”, explica.

A camomila ainda tem propriedades anti-inflamatórias. Segundo a nutricionista, em contato com a pele, ela age limpando e acalmando os poros, além de ajudar na cicatrização de feridas e queimaduras de sol.

Edição: Michele Carvalho

 

 

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São bem-vindas declarações que se proponham ao diálogo, defendam posições, que exponham ideias, dúvidas, sugestões e críticas. Não serão aceitos comentários sexistas, xenófobas, racistas, homofóbicas ou que contrariem princípios dos direitos humanos. A moderação também irá filtrar a comentários que incorram em crimes de ódio, incitação à violência e calúnia. Textos com propaganda comercial serão excluídos.