Alimento é saúde | Consumo de água é essencial para a saúde

Facebooktwitter

Segundo a UNICEF, cerca de 4.500 crianças morrem diariamente por falta de água potável e saneamento básico

Imagem: Pixabay

05/01/2016

por Mauro Ramos, do Brasil de Fato em parceira com o Saúde Popular
O acesso à água potável é essencial para a saúde pública. A melhoria do abastecimento de água e do saneamento e uma melhor gestão dos recursos hídricos podem contribuir com a redução da pobreza, segundo a Organização Mundial da Saúde.
Ouça:

Em 2010, a Assembleia Geral das Nações Unidas reconheceu o acesso à água potável e saneamento como um direito humano, e pediu esforços internacionais para ajudar os países a fornecerem água potável e saneamento seguros, limpos e acessíveis economicamente.

A água contaminada pode transmitir doenças como diarreia, cólera, disenteria, febre tifoide e poliomielite. Estima-se que a água potável contaminada cause 502 mil mortes diarreicas por ano.

Desde 1990, 2,6 bilhões de pessoas passaram a ter acesso a uma fonte de água potável.

Nos países de baixa e média renda, 38% dos estabelecimentos de saúde não possuem fontes de água, 19% não têm saneamento básico e 35% não possuem água e sabão para lavar as mãos.

A água elimina as toxinas do corpo. É necessária para processar todos os nutrientes dos alimentos que comemos e levar nutrientes às células.

Uma pesquisa da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, mostrou que a água pode cumprir um papel importante na regulação da pressão sanguínea.

A falta de água pode causar asma, alergias, pressão arterial alta, dores de cabeça, entre outros problemas para a saúde.

Em geral, ouve-se dizer que é necessário beber 2 litros de água por dia, mas a necessidade varia dependendo da quantidade de atividade que fizermos, o clima em que vivemos e de quanto nos hidratamos através de outras fontes, como outras bebidas ou frutas e vegetais.

Essa quantidade aumenta se a pessoa estiver doente e precisar compensar a perda de líquidos.

Alimento é saúde é uma produção Radioagência Brasil de Fato em parceria com o Saúde Popular

Locução: Camila Rodrigues

Produção e Sonoplastia: Mauro Ramos

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São bem-vindas declarações que se proponham ao diálogo, defendam posições, que exponham ideias, dúvidas, sugestões e críticas. Não serão aceitos comentários sexistas, xenófobas, racistas, homofóbicas ou que contrariem princípios dos direitos humanos. A moderação também irá filtrar a comentários que incorram em crimes de ódio, incitação à violência e calúnia. Textos com propaganda comercial serão excluídos.