Agronegócio na Amazônia: logística e tecnologia sustentam modelo colonialista

Facebooktwitter

Terceira edição do Festival Juruena Vivo, em Juara (MT). Sete povos indígenas e outros grupos representados

Imagem: Thaís Borges

10/01/2017

Na bacia do Tapajós, a tensão é explosiva: de um lado projetos para exportar commodities; do outro os povos tradicionais

Mauricio Torres e Sue Branford, do The Intercept Brasil

 hhhhhhhhhhhhhhhhh

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São bem-vindas declarações que se proponham ao diálogo, defendam posições, que exponham ideias, dúvidas, sugestões e críticas. Não serão aceitos comentários sexistas, xenófobas, racistas, homofóbicas ou que contrariem princípios dos direitos humanos. A moderação também irá filtrar a comentários que incorram em crimes de ódio, incitação à violência e calúnia. Textos com propaganda comercial serão excluídos.