Indígena é aprovada para medicina em duas universidades federais

Facebooktwitter

02/02/2016

A jovem de Mato Grosso do Sul, aprovada na federal de São Carlos (SP) e de Santa Maria (RS), sonha em voltar formada para atender população da aldeia

Do G1

Reportagem do portal G1 conta a história da moradora da aldeia Tey Kuê em Caarapó, Dara Ramires Lemes, 19 anos, a jovem indígena de Mato Grosso do Sul que foi aprovada para o curso de medicina em duas universidades federais do país.

A estudante da etnia guarani ficou em primeiro lugar no vestibular da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) e da Universidade Federal de Santa Maria (UFMR).

Confira a reportagem completa aqui. http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/noticia/2015/01/indigena-e-aprovada-para-medicina-em-duas-universidades-federais.html

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São bem-vindas declarações que se proponham ao diálogo, defendam posições, que exponham ideias, dúvidas, sugestões e críticas. Não serão aceitos comentários sexistas, xenófobas, racistas, homofóbicas ou que contrariem princípios dos direitos humanos. A moderação também irá filtrar a comentários que incorram em crimes de ódio, incitação à violência e calúnia. Textos com propaganda comercial serão excluídos.