Postagem relaciona microcefalia no Nordeste a votos no PT

Facebooktwitter

08/12/2015

Aristóteles Cardona, da Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares, avalia que a atitude mostra distanciamento dos profissionais da saúde com a população

Da Redação

Uma postagem no grupo do Facebook “Dignidade Médica”, comparando os casos de microcefalia no Nordeste com os votos no PT, gerou revolta entre a categoria. A doença, que causa má-formação do cérebro em fetos, tem relação com o vírus Zica, transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti, o qual tem maior circulação nos estados dessa região.

A mensagem questiona se a doença está sendo realmente causada pelo Zika ou se trata de “adaptação da espécie”. “Cientificamente pode ser a comprovação de que votar no PT faz o cérebro involuir e diminuir de tamanho”, diz a postagem. Logo depois o autor pede que os colegas do grupo o livrem de “comentários julgadores” e argumenta que não poderia “perder a piada”.

A estudante de medicina Izabella Navarro fez um print [salvou a imagem] da publicação e a expôs para fora do grupo, que é fechado aos participantes, por se sentir indignada com tal manifestação. Em um post na mesma rede social, no dia 23 de novembro, ela critica a postura do colega e aponta serem comuns comentários políticos entre os profissionais de saúde.

“[Quem não entende porque questiono a profissão, são pessoas] Que nunca tiveram que ouvir médicos falando que o paciente não vai conseguir a cirurgia que precisa porque votou em determinado candidato, ou que se na próxima eleição votasse em tal partido, o ambulatório iria fechar. Nunca se sentiram impotentes vendo pacientes sendo coagidos por seus médicos”, escreveu.

Aristóteles Cardona, integrante da Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares, classifica como absurdas as manifestações de preconceito nas redes sociais “e se torna muito mais preocupantes vindas dos profissionais de saúde”.

“Manifestações como essa mostram que, muitas vezes, há um distanciamento do pensamento de um setor importante do país, que são os profissionais de saúde, com as necessidades concretas da nossa população”, explica.

Na descrição do grupo, o “Dignidade Médica” se apresenta como exclusivo para médicos ou estudantes de medicina. O Saúde Popular enviou mensagens a administradores do grupo, mas não houve retorno até a publicação da reportagem.

Microcefalia e vírus Zika

No Brasil, são 1.248 casos suspeitos de microcefalia, identificados em 311 municípios de 14 unidades da Federação. Do total de casos, foram notificados sete óbitos de bebês. Os dados são do último Boletim Epidemiológico de Microcefalia do Ministério da Saúde, com dados até o dia 28 de novembro. O estado de Pernambuco registra o maior número de casos (646), sendo o primeiro a identificar aumento de microcefalia em sua região.O órgão divulga hoje (8), em Brasília, novo boletim com números da doença.

O ministério aponta que há relação entre o vírus Zika e o surto de microcefalia no Nordeste. A confirmação foi possível a partir da identificação, pelo Instituto Evandro Chagas, da presença do Zika em amostras de sangue e tecidos do recém-nascido que morreu no Ceará. Segundo a pasta, essa é uma situação inédita na pesquisa científica mundial.

Facebooktwitter

23 comentários sobre “Postagem relaciona microcefalia no Nordeste a votos no PT

  1. Como médico, digo que esse CINISMO é condenável em qualquer um. Vindo de um médico (a) é absolutamente inaceitável. A única desculpa que encontro é que o preço que pagamos, do ponto de vista emocionla, pela profissão é grande demais para alguns e eles se “protegem” dos sentimentos no CINISMO. É quase o fim de um desastre pessoal. Há outros meios mais efetivos

    1. Nosso país mergulhado na corrupção e alguns retardados ainda criticam a crítica aos corruptos. Se não lutam contra esse governo comunista, lutam contra o povo.

    2. Piada de muito mau gosto. O Dito cidadão por acaso, não deve ser um bom Médico, quem faz medicina por ser mecenário é deplorável. Faça como eu desisti do Curso de Medicina no 2º ano da faculdade por sentir que não tinha vocação e estou muito feliz como Biólogo.

  2. Se é cinismo, adianta pouco a nossa crítica ou o nosso espanto, porque o cinismo é justamente indiferente a tudo isso, sob o pretexto de “não perder a piada”.
    A lei, esta sim, é feita para proteger os mais fracos dos efeitos do cinismo dos mais poderosos. Podemos nos indignar à vontade, isso será sempre bem vindo, mas somente a lei pode marcar o limite além do qual um comentário ou um ato é desumano.

  3. Mas o que mais me assusta ainda assim é a suposta ética médica.

    Por que não deixaram o nome do fulano aparecer??? Até porque eu não quero em hipótese alguma ser tratado por um sujeito mal caráter e mal intensionado como esse. É meu direito!!!

  4. O título de graduação em medicina não significa conhecimento ou prática ética. Na classe médica temos um grande percentual de pessoas que ingressaram na profissão exclusivamente pensando em remuneração, esse deve ser um deles! Não há ética, não há qualquer sentimento nobre em quem fez o comentário absurdo, imoral e discriminatório. Coisa de canalha!!!

  5. O surto de microcefalia é preocupante e muito triste, não podemos achar que não afeta toda a sociedade. Qualquer um que consegue ver graça nessa tragédia deve ter perdido todo o sentido de humanidade e solidariedade.

  6. Como médica estou chocada ,envergonhada ,pela falta de humanidade e respeito à dor dessas familias num momento de tamanha gravidade e seriedade que a saúde publica está passando Não me representa!!!

  7. Copiando o recadinho, para esses médicos, da amiga Luciana Mello:

    “Desculpe ai, mas é assim que é. O que pega, a indignidade na situação é que crianças estão de fato nascendo com microcefalia. Microcefalia é uma má formação que origina sofrimento real pra criança e pra sua família, por toda a vida delas. Usar isso na tentativa fracassada de ofender, é abrir mão completamente da empatia humana em função de uma piadinha sem graça e de mau gosto. É mesquinharia, é coisa de gentinha. Gentinha escrota.
    Recomendo, de coração aberto, que vcs escolham outra ofensa qualquer ai nesse catálogo de m*rd*s que vcs têm na cabeça pra ver se a gente ainda consegue preservar os limites da decência humana nesse manicômio que virou a sociedade brasileira.”

  8. Como médica e baiana, portanto nordestina, fico indignada e envergonhada em ter colegas preconceituosos e de mentalidade tão tosca. Assunto seríssimo, que não pode ser tratado com escárnio. Lamentável! espero que a autoria responda legalmente.

  9. É necessário cobrir o nome de quem fez esse comentário? Eu acho que ele perdeu todo o direito a ter o nome preservado após um comportamento tão incivilizado.

  10. Realmente a hipocrisia impera, um colega faz humor com Pt e a Microcefalia dentro de um grupo fechado, onde estamos acostumados a ver posts com manifestações políticas contra o PT e Dilma e é julgado por isso??? Lembro que o grupo é fechado, participa quem quer, lembro é conveniente aos ptistas sentirem-se ofendidos, mas nunca vi os mesmos ptistas preocupados com o humor negro que eles soltam dentro dos próprios grupos. Quem não quiser escutar piadas, saia do grupo.

  11. Nem vou entrar no viés ideológico, quero apenas fazer referência à postura como profissional, pessoa com ensino superior num curso disputadíssimo e com formação para CUIDAR de outros seres humanos, ZELAR pela VIDA. Desculpem-me, mas quando leio esse tipo de coisa penso que só pode se tratar de uma criatura sádica, que jamais poderia ter um bisturi na mão porque é capaz de matar e ficar rindo, degustando o sofrimento e a dor alheia. Não tem ética! Jamais poderia ser um profissional da saúde!

  12. Tenho pena destas pessoas, que fazem estes comentários maldosos. Sabem porque? Por que eles são vítimas da microcefalia.

  13. Não vejo nada de extraordinário, foi apenas uma mensagem humorística, será que os componentes do grupo fechado e data venia incluo a estudante de medicina levou muito a serio aquilo que não passa de uma piada, estamos deixando nos levar pela onda petista do politicamente correto. acalmem seus ânimos e entendam que médico é ser humano, e cada um tem sua tendência e neste caso foi apenas humorismo, muito normal. quem levanta bandeira criticando e esmagando o médico que fez a piada, não está preparado para o mercado, nem para a vida em consultório.

  14. Só não concordo com o fato de passar a fitinha vermelha pra esconder a identidade do autor dos absurdos. Até porque o perfil, as postagens e a repostagem são coisas públicas, de domínio público.

    Queria mesmo saber o nome do(a) médico(a) que não sabe sequer a diferença entre preconceito (de toda natureza) e racismo (preconceito de raça) e ultramultifobia, derivado de homofobia (preconceito contra homossexuais). Vai que um desses me atende num consultório e não vai saber a diferença de conceitos dos nomes de possíveis tratamentos pra possíveis problemas que eu possa ter…

  15. a hora que um parente desse ignorante nascer com microcefalia, será que ele dirá a mesma coisa? será indiferente assim?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São bem-vindas declarações que se proponham ao diálogo, defendam posições, que exponham ideias, dúvidas, sugestões e críticas. Não serão aceitos comentários sexistas, xenófobas, racistas, homofóbicas ou que contrariem princípios dos direitos humanos. A moderação também irá filtrar a comentários que incorram em crimes de ódio, incitação à violência e calúnia. Textos com propaganda comercial serão excluídos.