Governo quer eliminar casos de malária no Brasil até 2030

Facebooktwitter

11/11/2015

O Plano de Eliminação da Malária faz parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Da Agência Brasil

O Ministério da Saúde lançou o Plano de Eliminação da Malária do Brasil. O documento fornece orientações para os municípios e define estratégias para o diagnóstico, tratamento e controle da doença. A medida faz parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), que têm como meta a redução de pelo menos 90% dos casos até 2030 e da eliminação da malária em pelo menos 35 países.

Em 2014, o Brasil registrou 143.250 casos de malária, o menor número nos últimos 35 anos. Desde 2000, houve uma redução de mais de 50% no número de casos. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Antônio Nardi, afirmou que apesar dos resultados já alcançados, as ações precisam continuar para que o Brasil possa, no futuro, alcançar a meta de total eliminação da doença.

A malária é uma doença característica da região da Amazônia e está presente nos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Pará, de Rondônia, Roraima, do Tocantins, de Mato Grosso e do Maranhão. A região é responsável por 99% dos casos autóctones do país. Fora da região amazônica, mais de 80% dos casos registrados são importados dos estados pertencentes à área endêmica brasileira, de outros países amazônicos, do Continente Africano ou do Paraguai.

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São bem-vindas declarações que se proponham ao diálogo, defendam posições, que exponham ideias, dúvidas, sugestões e críticas. Não serão aceitos comentários sexistas, xenófobas, racistas, homofóbicas ou que contrariem princípios dos direitos humanos. A moderação também irá filtrar a comentários que incorram em crimes de ódio, incitação à violência e calúnia. Textos com propaganda comercial serão excluídos.