Pesquisas mostram relação entre Herbalife e problemas no fígado

Facebooktwitter

10/09/2015

Estudo mostra que pessoas que consumiram produtos da marca por mais de um ano apresentavam alterações no fígado compatíveis com hepatite tóxica

Da Redação

Pesquisas desenvolvidas em diferentes países e agrupadas no estudo do professor Lázaro Nunes, da instituição Faculdades Integradas Metropolitanas de Campinas (Metrocamp), mostram a relação entre produtos da Herbalife e problemas no fígado. Foram identificadas complicações como a hepatite tóxica e deficiências na coagulação do sangue.

O estudo analisou seis produções científicas de diversos países, entre eles Israel, Suíça, Espanha, Alemanha e Islândia, que relatam casos de 33 pessoas com problemas no fígado decorrente do consumo de produtos da Herbalife, entre 1999 e 2010.

A alteração mais preocupante, de acordo com o estudo, foi a apresentação de sintomas de hepatite tóxica, que pode ocorrer pela ingestão de alimentos, suplementos ou medicamentos que possuam toxinas que afetam o órgão.

Um dos estudos analisados mostrou que houve elevação de até 58 vezes na quantidade da enzima do fígado ALT (Alanina aminotransferase) e de 267 vezes, da AST (Aspartato transaminase), ambas enzimas do fígado. Os números são um comparativo em relação ao padrão de uma pessoa saudável. Nos outros estudos, o aumento foi de, no mínimo, 10 vezes ao valor de referência para pessoas saudáveis.

Nunes explica os efeitos observados em relação ao consumo da marca. “Quando alguém está tomando um suplemento ou um alimento que faça com que o fígado fique sobrecarregado e tenha uma lesão, essa pessoa vai ter dificuldades de eliminar todos esses componentes do organismo e pode sofrer, por exemplo, a icterícia, que é quando a pessoa fica amarela por excesso de bilirrubina no sangue”, explicou. A icterícia é popularmente conhecida como amarelão.

Segundo o pesquisador, não há produção científica sobre o tema no Brasil, mas ele aponta que os dados internacionais já servem de alerta. “Não encontramos estudos realizados no Brasil, o que não quer dizer que estes casos não tenham ocorrido aqui também”, declarou.

O professor explica que o fígado controla a taxa de glicose no sangue, sintetiza proteínas e elimina substâncias tóxicas do organismo. “Se uma pessoa tem alguma lesão hepática, ela pode ter dificuldades de coagulação e corre risco de sangramentos internos”, explica. Ele ressalta que o consumo destes produtos somados à predisposições à doenças no fígado podem colaborar para o desenvolvimento de complicações.

Herbalife

Procurada pela reportagem, a empresa informou, em nota, que nenhuma hepatotoxina foi descoberta em seus produtos. “Nenhuma autoridade governamental encontrou, ao longo dos mais de 30 anos de operação da empresa e após mais de 25 investigações envolvendo relatos de casos, alegando hepatoxicidade, qualquer razão para que fossem tomadas medidas regulatórias contra a Herbalife”, apontou. A companhia afirmou que possui licença de órgãos competentes e “que seguem padrões rigorosos de qualidade”.

Nutrição

A nutricionista Beatriz Carvalho, presidenta do Conselho Regional de Nutrição de Minas Gerais, avalia que este tipo de suplemento prejudica não só a saúde do consumidor, mas toda a cadeia alimentar da população. “Defendemos a soberania alimentar do povo, que incluí uma alimentação saudável, baseada em alimentos reais [sem processamento] e que valorizem a diversidade natural do Brasil. Além disso, promove uma saúde que vai além da alimentação, porque promove a saúde cultural de um povo, que se expressa pela cultura de alimentos”, explica.

O Guia Alimentar Para a População Brasileira de 2014, do Ministério da Saúde, orienta a redução máxima consumo de produtos hiperindustrializados, [alimentos que perdem suas características após serem processados, por exemplo, biscoitos, chips].

“O país saiu do mapa da fome, mas tivemos uma inversão. Hoje mais de 50% dos adultos estão no sobrepeso. E o que levou a isso? As pessoas foram ganhando peso através da alimentação industrializadas e grandes quantidades de açúcar. Ninguém ganha peso comendo um prato de arroz”, avaliou a nutricionista.

Para Beatriz, a alimentação vai além dos nutrientes. “Uma cápsula com nutrientes, a indústria é capaz de produzir, mas isso não é saúde. A gente não pode ficar refém de tudo o que a indústria propõe. Nos alimentos, há tudo que é necessário para uma vida saudável” completa.

 

Facebooktwitter

28 comentários sobre “Pesquisas mostram relação entre Herbalife e problemas no fígado

  1. “Defendemos a soberania alimentar do povo, que incluí uma alimentação saudável, baseada em alimentos reais [sem processamento] e que valorizem a diversidade natural do Brasil. Além disso, promove uma saúde que vai além da alimentação, porque promove a saúde cultural de um povo, que se expressa pela cultura de alimentos”como diz a nutricionista Beatriz Carvalho em parte esta correta, mas se observarmos a produção de carne e plantio de forma massiva como é produzida faz muito mal a saúde que é rica em hormônios e agrotóxicos. Fora os transgênicos, então podemos dizer que mesmo a alimentação natural como se diz também é fabricada. Todo excesso é prejudicial.

    1. Quando ela diz isso, ela se refere à pequena agricultura, (conhecida como agricultura familiar), pelo histórico dela acho difícil que defenda o agronegócio

    2. Querida Solange, qualquer nutricionista decente alimentos orgânicos o mais natural possível. Para uma vida saudável, não é possível se alimentar com agrotóxicos e hormônios. É disso que ela se refere. Aqui nós EUA essa companhia a muitos anos é proibida devido ao número de complicações de saúde comprovada que ela causa! Assim mesmo vejo pessoas vendendo sem colocar o nome do produto na porta para não chamar atenção! E muitos sem informação compram, a ideia insana que eles vendem que um shake tem nutrientes suficiente para te satisfazer e emagrecer. O problema é que mais uma vez por falta de informação as pessoas se preocupam econ a estética, em simplesmente emagrecer, custe o q custar. a saúde que deveria estar em primeiro plano passa a ser a última.

  2. Bom dia! Este artigo não trouxe nenhum conteúdo cientifico que comprove as alegações. Portanto, desprovido de base científica para reconhecimento.

  3. Incrível um prêmio nobel de medicina como dr Louis Ignarro desenvolver e pesquisar os produtos da Herbalife se esses produtos fossem prejudicar a saúde de alguém…rsrsrs… Acha mesmo que ele colocaria o nome dele em algo assim?
    São 35 anos de mercado, aprovada pelos órgãos de saúde de mais de 90 países, há anos tentam provar que faz mal e ninguém nunca conseguiu REALMENTE… Uso há mais de 2 anos e conheço gente que usa há 20 e nunca esteve tão bem 😉

      1. Tania Regina Campos Andrade, tomo os produtos Herbalife há mais de 10 anos, e posso fazer isso por se tratar de alimentos, a base de proteína animal, vegetal, minerais, vitaminas e carboidratos, balanceada para a célula humana. Com muita tecnologia e engenharia em alimentos, na Universidade de Los Angeles (UCLA). Os produtos da Herbalife passaram pelo crivo da F. D. A ( Food Drugs Administracion), com louvor.
        Não sou vendedora, sou uma consumidora feliz com os resultados dos produtos.
        Deveriam estimular a produção de alimentos orgânicos que contribuiriam para a saúde de todos. Uma fiscalização rigorosa quanto ao uso indiscriminado de agrotóxicos nos alimentos, isso sim faz mal e causa doenças hepáticas e câncer.
        Uma matéria sem nenhuma base científica não contribui em nada. Acho uma irresponsabilidade.
        Temos que ter cuidado ao espalhar notícias sem fundamentos.

    1. Silvana, sempre falaram e sempre vão falar, pq Herbalife é sucesso total e isso incomoda muita gente!

  4. Utilizo os produtos a dois anos e nunca tive problemas pelo contrario tive melhoras na saúde.
    Faço acompanhamento medico a cada seis meses e nunca tive pontos de observação.
    Acredito que a Herbalife é uma empresa idônea, uma vez que presa a vida saudável de seus consumidores. Como qualquer produtos, remédios e atividades existem procedimentos de como utilizarmos ou consumi-los.
    Com certeza as pessoas que tiveram problemas ao utilizar os produtos não fez a utilização correta como é recomendado.

    Estou satisfeito com os produtos parabéns Herbalife pelos produtos e fazer parte de minha vida diária.

    Herbalife é a maneira fácil, simples e pratica para voltarmos a uma vida saudável com mais disposição e saúde em nosso dia-a-dia.

  5. Não sou adepta de shakes para emagrecer, mas temos que admitir que o resultado de 33 pessoas em 11 anos não configura uma estatística confiável.

  6. Seria possível divulgar a referência bibliográfica do referido estudo do Prof Lázaro Nunes? Grata.

  7. Nossa sem fundamento cientifico nem um. Tomo os produtos a 1 ano nunca me deu nada. E recentemente minha avó fez uma cirurgia de coração e estava fraca de vitaminas. O médico passou para ela tomar pois a ajudaria. Pessoas deveria pegar coisas de sites confiaveis. Nao de qualquer lugar.

  8. No Brasil temos a Agencia Nacional de Vigilancia Sanitária – ANVISA – órgão do Ministério da Saúde responsável pela fiscalização, abertura, autorização e funcionamento de empresas nas áreas de alimentos, insumos e medicamentos; assim como dos produtos que estas empresas fabricam. Cabe esclarecer que a ANVISA inspeciona empresas em outros paises, devido a seleta equipe de profissionais altamente treinados (especialistas, mestres e doutores) que realizam tais avaliações. A empresa e os produtos da Herbalife estão autorizados pela ANVISA, para consumo conforme rotulo.

  9. Meu marido em maio fez ultrasom abdominal para acompanhamentom médico e nesta ocasião o fígado estava normal. Sem alteração alguma. Hoje fui pegar o redultado de uma nova ultra e pra nossa surpresa apareceu gordura no fígado. E em maio foi quando começamos a tomar o shaike. Muita coincidência. Pelo sim ou pelo não não tomaremos mais.

  10. Eu não sou pato pra encher o bucho com meleca. Sempre me perguntei: pq esse povo não come uma salada com frutas, verduras e castanhas ao invés de shake? O tempo que a pessoa vai levar tomando 2 copos de chá e 1 de shake é o mesmo que levaria pra se servir num buffet de saladas ou ajeitar uma salada em casa. É burrice com preguiça. Pronto falei! E quem não gostar, que vá tomar um shake com Baal.

  11. Artigo irresponsável, tendencioso e intelectualmente desonesto. Irresponsável porque não mostra referência a qualquer dos estudos ou pesquisas mencionados. Tendencioso porque explora apenas uma opinião. Intelectualmente desonesto por omitir os resultados dos artigos científicos citados como “pesquisa” ou “estudo”: TODOS eles terminam com “INCONCLUSIVO”. Finalmente, não há relevância alguma, no meio científico, dado que, no total, não chegam sequer a 100 artigos e, novamente, TODOS INCONCLUSIVOS. Ao contrário do artigo, deixo aqui o link para quem quiser ler. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed?term=herbalife

  12. Uso os produtos Herbalife fazem 17 anos e estou em perfeitas condições de saúde.
    Nossa companhia atua no mercado global de nutrição fazem 35 anos e conta com mais de 2 milhões de clientes satisfeitos, em mais de 92 países.
    Esse médico que publicou esse artigo quer mesmo é IBOPE!

  13. Falar de pesquisas científicas e estudos sem citar fontes e de forma leviana deveria ser considerado crime porque contribui para a ignorância popular, além que 33 casos (em uma amostra de qual tamanho?) em 11 anos caracteriza uma amostra ínfima.

  14. Por favor, vocês podem colocar a referência completa ao estudo? Dei uma olhada no Lattes do professor e não encontrei nada sobre o tema.

    Seria importante vocês fornecerem referências mais específicas às pesquisas quando fizerem divulgação científica.

    Obrigado.

  15. Cadê as fontes referenciadas sobre os estudos que atestam a herbalife como nociva? Eu sempre cobro dos meus alunos fontes confiáveis sobre qualquer informação que eles divulgam.

  16. Eu descobri que estava com cálculo biliar, após a ingestão do shake, pois me deu muita cólica. Logo após fiz o exame e constatou os cálculos. Era apenas meu segundo shake!!! Claro que não foi o shake que causou os cálculos, mas a cólica sim 😔 Eu acredito que o produto possa sim causar algum distúrbio no uso contínuo, depois desse fato optei pela readequação alimentar!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São bem-vindas declarações que se proponham ao diálogo, defendam posições, que exponham ideias, dúvidas, sugestões e críticas. Não serão aceitos comentários sexistas, xenófobas, racistas, homofóbicas ou que contrariem princípios dos direitos humanos. A moderação também irá filtrar a comentários que incorram em crimes de ódio, incitação à violência e calúnia. Textos com propaganda comercial serão excluídos.